DETECÇÃO DE CONTRAINCÊNDIO

Tecnologia de detecção de faísca para detecção de contraincêndio de caldeiras

Um contraincêndio é um evento onde as fontes de ignição podem se transmitir da caixa de fogo para o sistema de transmissão de combustível e, às vezes, até o depósito de combustível. A maneira tradicional de evitar contraincêndios é usar um válvula de água operada termicamente (AVTA).

Os detectores óticos de contraincêndio da Atexon® da IEP Technologies oferecem velocidade de sensibilidade de detecção superiores se comparados com os sistemas extintores de resposta ao calor.


Detecção de contraincêndio mais sensível e rápida com tecnologia de detecção ótica de faísca

Uma caixa de fogo que não queima como deve causa vapores e chamas que aparecem nela. Isso aumenta a probabilidade do material queimar e faíscas entrarem na alimentação em rosca e que podem passar sem detecção pelos sensores de calor. Com tempos rápidos de resposta em milissegundos e alta sensibilidade, os detectores de contraincêndio da Atexon são muito mais confiáveis e acionam o sistema extintor que usa somente uma pequena quantidade de água, graças a bocais de projeto e colocação otimizados.

Recursos opcionais incluem um alarme GSM, recursos de resfriamento de pulso, controle de rosca e monitoramento de calor de rosca.


Princípio operacional do detector de contraincêndio


1.
O detector de contraincêndio é montado em uma rosca ou ponto de liberação entre duas roscas.
2. A unidade extintora é montada a aproximadamente 0,5 metros do detector de contraincêndio.
3. A saída de controle da rosca da proteção de contraincêndio é preso ao sistema de automação da caldeira.
4. A proteção de contraincêndio tem uma fonte de energia de 230VCA. 5. Dependendo da aplicação, é instalado um reforço de pressão da água ou um tanque de água.
6. Os sensores de temperatura do sistema de proteção de contraincêndio são montados a 0,5-1 metro de distância do cabeçote de combustão.

A detecção de contraincêndio aciona a sequência extintora com água que dura tipicamente por 10 segundos após a última faísca ser detectada. A sequência extintora irá parar automaticamente. Os sensores de temperatura medem a temperatura do cabeçote de combustão e controlam a unidade extintora com pulsos se a temperatura se elevar a mais de 75ºC/165ºF. A 95ºC/200ºF, o extintor contínuo é acionado. A sequência extintora irá parar quando a temperatura cair para 75ºC/165ºF.


Preocupado com seu risco de explosão?
Obtenha agora a opinião de um especialista!